Alimentos artesanais que serão comercializados no 37º FIPe passam por inspeção da Vigilância Sanitária

Com vistas a realização do 37º FIPe, técnicos da Vigilância Sanitária de Cáceres estão inspecionando os locais onde são processados alimentos artesanais que serão expostos e comercializados durante o festival.

São cerca de 15 expositores, pertencentes a organizações de “Agricultura Familiar” e “Economia Solidária” provenientes de várias regiões do município, tais como Horizonte D’Oeste, Sadia, Corixinha e Vila Aparecida e que irão comercializar produtos como doces, biscoitos, pães, mel, entre outros.

Os técnicos avaliam as condições de higiene do local e orientam sobre práticas higiênicas de manipulação de alimentos e padronização de rotulagem. Conforme esclarece Andreia Jatobá, Gerente de Fiscalização Sanitária, a ação tem caráter orientativo, preventivo e visa assegurar o acesso da população a produtos de qualidade e dentro dos padrões sanitários.

A gerente ressalta ainda que o trabalho é facilitado pelo fato de que as pessoas são vinculadas a algum tipo de associação na qual vem recebendo treinamentos periódicos sobre boas práticas na manipulação de alimentos. “Não estamos lidando com aventureiros e sim com pessoas orientadas e treinadas que embora produzam alimentos de forma artesanal, o fazem com o profissionalismo que a atividade requer”, explica Andreia Jatobá.

Por determinação do Secretário Municipal de Saúde, a Vigilância Sanitária estará com uma equipe atuando durante todo o evento, fiscalizando as tendas, barracas e estabelecimentos fixos onde ocorra a manipulação de alimentos.

 

Galeria :

Patrocinadores: